Seu site em primeiro do Google

Como ficar na primeira página do Google é algo almejado por todos que possuem uma expectativa em relação ao seu site.

Mais de 90% dos mais de 90 milhões de brasileiros que acessam a internet diariamente através do celular, computadores ou demais dispositivos, tem como principal motor de pesquisa o Google. Por isso a necessidade de se manter no topo dos Google é fundamente para poder aumentar a conversão de seu site gerando valor ao seu produto ou negócio.

Para que isso aconteça e seu site seja bem ranqueado sem precisar investir em Google ADS  é necessário que seja desenvolvido por empresas ou profissionais que buscam estar sempre atentos a essas novas mudanças e atualizações das métricas adotadas pelos motores de busca.

Primeiro do Google
Vamos lá, abaixo vamos pontuar algumas das principais métricas:

1º – Conteúdo próprio e de qualidade

A criação de um conteúdo próprio é fundamental para que o seu site ganhe seu espaço entre os seus concorrentes, conteúdo autoral é muito importante para que o Google identifique e avalie você como uma referencia e autoridade em determinado assunto, uma estratégia é fazer ou contratar empresas que façam INBOUND MARKETING ou Marketing de conteúdo.

2º – Integração as mídias sociais

Um site integrado com as mídias sociais tais como Facebook, Instagram, Youtube e as demais criam referencias aumentando a relevância para as suas palavras chaves, assim criando um melhor ranqueamento e reputação de seu site.

3º – Meta tags (Keywords e Descriptions)

As meta tags já foi a principal informação para que seu site fosse bem indexado, porém hoje ela é só mais uma maneira de organizar e informar ao mecanismo de busca sobre o conteúdo de sua página, não são somente elas que fazem com que isso aconteça, e sim um conjunto de situações que deverão ser executadas.

4º – Arquitetura e Programação

As plataformas assim com sua arquitetura de programação devem seguir as exigências requeridas conforme a evolução dos mecanismos, hoje o site deverá conter site map, não poderá exceder a quantidade de códigos ou scripts da página, apontar o site para uma linguagem adequada a cada tipo de dispositivo, deverá conter URLs amigáveis e definição de estilos para títulos, conteúdo e menus do forma correta. Deverá ter uma identidade visual que não contenha arquivos flashs e utilizar Java Scripts apenas em últimos casos irão garantir acessibilidade e qualidade de navegação.

Como ficar na primeira página do Google deverá ser feito de forma minuciosa sempre atualizando essas boas práticas.